sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Lucio Flávio Pinto, Jornalista, profissional, cidadão

Lúcio Flávio Pinto é um dos maiores jornalistas brasileiros. Seguramente, um dos poucos no mundo que exerce sua profissão de forma radical. Radical no sentido de ir na raiz do que significa jornalismo e ser jornalista. Persegue com pertinácia a verdade. A partir do interesse público garimpa informações, as checa com várias fontes, analisa a conjuntura em que o assunto está inserido. Publica. Mantém seu Jornal Pessoal aberto ao contraditório. Faz Jornalismo. Segue à risca os cânones inscritos no código de ética da sua profissão (atualizado em 2007). É defensor incansável da amazônia e dos amazônidas.


Por seu trabalho e dedicação coleciona  desafetos. Homens públicos ou privados que prefeririam que suas articulações, atitudes e, eventualmente, malfeitos (para lembrar o eufemismo tão caro à presidente Dilma) ficassem nas sombras.


Um destes foi o extinto mega latifundiário Cecílio do Rego Almeida  que processou Lúcio por este ter usado o termo "pirata fundiário" para se referir ao grileiro em matéria publicada em 1999. A grilagem foi confirmada no judiciário mas Lúcio está condenado pela justiça do Pará a indenizar os herdeiros em R$ 8.000,00 (valores de 2006, atualizados). Leia os detalhes no texto publicado pelo próprio Lúcio Flávio Pinto intitulado O Grileiro vencerá?


A iniquidade perpetrada pelo judiciário brasileiro poderia fazer Kafka desejar tê-la escrito na ficção. Infelizmente, é realidade. Para mais detalhes e o acompanhamento da rocambolesca situação acesse o site Todos com Lúcio Flávio Pinto. É uma iniciativa de amigos do jornalista para lhe dar apoio e sustentação.  Um rede de solidariedade está sendo tecida. O Sindicato dos Jornalistas (SINJOR)  publicou nota de apoio que pode ser lida no Blog da jornalista Franssinete Florenzano. Uma conta poupança foi aberta no Banco do Brasil especialmente para receber apoio financeiro: Agência 3024-4, conta corrente nº 22.108-2 (não esqueçam que poupança é Variação 1). Jornalistas, blogueiros e entidades tem declarado apoio e indignação.


Manifesto aqui minha solidariedade e respeito ao Lúcio. Homens de sua estirpe são poucos. Raros. Precisamos destes. Eles fazem a diferença. Lúcio Flávio Pinto faz a diferença. Para o bem. Pela boa causa. Pela luta dos oprimidos. Pela justiça social. Pelo bem estar do povo ao exercer com dignidade sua profissão. Vamos ajudá-lo. Vamos manifestar nosso apoio. Aqueles que querem destruí-lo não perceberam que com estes gestos só fazem fortalecer a sua luta e a de todos aqueles que, como Lúcio, acreditam e lutam para construir uma sociedade mais humana, justa e igualitária.


7 comentários:

  1. Neusarina Caravelas Furtado18 de fevereiro de 2012 07:16

    Querido Dr. Waldir, manifesto eu também a minha solidariedade com o Jornalista Lucio Flavio e tenho certeza que assim como eu, muitos brasileiros nao aguentam mais, tanta impunidade e desrespeito pelos direitos humanos. é como diz aquela cançao: "Aonde estao os homens que tem o dever, e a obrigaçao de fazer mudar esta realidade, aonde estao, eu sei que ainda existe alguém honesto, honrado e bem, que ame o Brasil de verdade." Parabéns Lucio, voce é um destes poucos brasileiros que ama o Brasil de verdade. Nao se deixe intimidar. Força. Que Deus te abençoe!

    De: Ir. Neusarina Furtado - Ceggia (Ve) Italia.

    ResponderExcluir
  2. Profissionais da estirpe de Lucio Flávio espécime raro na imprensa brasileira
    deve ter o acolhimento no seio de nossa sociedade, tão desamparada de
    homens públicos de bem em todos os setores: politico, judiciario e legislativo
    Receba o apoio do Amazonas. Jefferson Jezini - Presidente do CRM - AM

    ResponderExcluir
  3. Obrigado, Irmã querida.

    ResponderExcluir
  4. Valeu, Camarada! A cidadania agradece o apoio do CREMAM.

    ResponderExcluir
  5. [...] blog do médico Waldir Cardoso, no dia 17, o post ”Lucio Flávio Pinto, Jornalista, profissional, cidadão” apresenta aos [...]

    ResponderExcluir
  6. JOSÉ CLÁUDIO SEIXAS DE ARAGÃO29 de fevereiro de 2012 21:49

    Lúcio Flávio Pinto
    Só um jornalista sério, integro e com dignidade manda parar as doações.
    Fico emocionado em ver tanta dignidade, em um ser humano que hoje luta com dificuldade para fazer o que gosta, defendendo o povo brasileiro, sem ter um carro para facilitar o exercício de sua profissão.
    Deveríamos aproveitar a oportunidade e continuar contribuindo, para proporcionar melhores condições de trabalho, para quem não tem medo de enfrentar poderosos.
    Um forte abraço e continue contando sempre comigo.
    José Cláudio Seixas de Aragão

    ResponderExcluir
  7. Carlos Lamarão Corrêa5 de março de 2012 22:42

    Lúcio Flávio Pinto
    Embora o fato não tenha me surpreendido, por conhecer o Lúcio há mais de trinta longos anos, confesso que, mais uma vez, senti muito orgulho em tê-lo como amigo, quando escutei o orador dizer na Praça da República, domingo de manhã, que ele pedia a todos que suspendessem as doações, porque o valor recolhido já dava para pagar a indenização que lhe fora imposta pela Justiça do nosso Estado. E posso dizer, com convicção, que em mim a emoção foi bem maior, porque lutamos juntos contra o falecido grileiro, e juntos fomos por ele processados. E o que é mais triste, enquanto fui inocentado pelo Tribunal de São Paulo, nas duas ações, uma cível e outra criminal, em decisões que inclusive sugeriram que eu fosse condecorado por defender o patrimônio público, ele, Lúcio, foi condenado por ter cometido o mesmo "delito": ter chamado o grileiro de grileiro. Será que o Tribunal de São Paulo foi injusto com o grileiro, ao contrário do que ocorreu com a Justiça do Pará? Essa é uma questão que jamais poderá ser dirimida por meio de uma partida amistosa de tênis na Assembléia Paraense, mas pela honradez e paz de consciência de cada julgador, que não se deve confundir com jogador.
    Ao parceiro de tantas lutas, um grande abraço. Carlos Lamarão Corrêa

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

stats

redes

    

Blog do médico paraense Waldir Cardoso dedicado a discutir sobre saúde, política e cidadania. Seja bem vindo/a

Vídeos

Vídeos

Waldir e Saúde no Brasil vídeo

Vídeos

Arquivo

Arquivo

Busca

Busca
Tecnologia do Blogger.

Categorias

Categorias

Estatísticas

Estatísticas

Contador

Contador de visitas

clustrmaps