segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Representante dos usuários é a nova presidente do Conselho Nacional de Saúde

SocorroPela primeira vez desde sua criação, o Conselho Nacional de Saúde terá uma mulher em sua presidência. A conselheira Maria do Socorro de Souza, assessora de políticas sociais da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (Contag), venceu a eleição realizada na quinta-feira (13) com 31 votos contra 17 obtidos pelo seu concorrente, o conselheiro Clóvis Boufleur, representante da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A posse foi realizada logo após a confirmação da vitória e foi feita pelo então presidente do conselho, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.


O resultado representa outro fato histórico, pois também pela primeira vez uma representante dos usuários estará à frente da maior instância do controle social na área da Saúde. O mandato da nova presidenta será para o triênio 2012/2015. Ainda durante a manhã, 144 conselheiros (48 titulares, 48 primeiro suplentes e 48 segundo suplentes) tomaram posse do auditório do Anexo 1 do Palácio do Planalto. A votação realizada no período da tarde elegeu, ainda, a nova mesa diretora.


“O CNS é um importante instrumento de controle social que realizou importantes debates a respeito do acesso e da qualidade de atendimento no SUS estou muito feliz e ver a Maria do Socorro, que representa a Contag, assumir a presidência uma vez que existe uma grande desigualdade no acesso à saúde nas áreas rurais. Tenho o compromisso de continuar participando das reuniões do conselho e garanto que a relação entre CNS e Ministério da Saúde será a mesma”, afirmou o ministro Alexandre Padilha, que se despediu da presidência do CNS.


A nova presidente avaliou o novo desafio. "Sou mulher, negra, mãe, avó trabalhadora rural e usuária do Sistema Único de Saúde. Represento um importante segmento da sociedade que está presente em 90% do Brasil e esse é um espaço importante e fundamental para dizer o SUS que queremos. A Contag representa a diversidade que também encontramos no SUS”, avaliou. A nova presidenta ainda concluiu “Sinto-me autorizada para fazer dessa esfera um espaço autônomo e participativo e criar outros pontos de diálogo para enfrentar os desafios do SUS. São 25 anos trabalhando e militando em defesa dos excluídos de causa”.


Fonte: Portal da Saúde                         

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

stats

redes

    

Blog do médico paraense Waldir Cardoso dedicado a discutir sobre saúde, política e cidadania. Seja bem vindo/a

Vídeos

Vídeos

Waldir e Saúde no Brasil vídeo

Vídeos

Arquivo

Arquivo

Busca

Busca
Tecnologia do Blogger.

Categorias

Categorias

Estatísticas

Estatísticas

Contador

Contador de visitas

clustrmaps