domingo, 19 de maio de 2013

SINDMEPA vai à Santarém e reúne com médicos e autoridades


Nos dias 16 e 17 de maio eu e João Gouveia, Diretor do SINDMEPA, estivemos em Santarém com o objetivo de realizar assembleia com os médicos, comparecer ao ato ecumênico pelo restabelecimento do médico Edson Ferreira Filho, participar de audiências com autoridades e visitar unidades de saúde.  A iniciativa é parte do planejamento estratégico do Sindicato e visa ampliar a presença da entidade no interior do estado.

Fomos recebidos pelo Presidente da Câmara Municipal de Santarém, Vereador Henderson Pinto, em seu gabinete, com a presença dos vereadores Nicolau do Povo, Paulo Gasolina, Giovani Aguiar, Luis Alberto, Ronan Liberal, Junior Tapajós, Marcela Tolentino e Gerland Castro (Presidente da Comissão de Saúde). Estivemos com a Secretária Municipal de Saúde, Dra. Valdenira Menezes da Silva, no Ministério Público Estadual e no Conselho Municipal de Saúde de Santarém sendo recebidos pela presidente Conceição Meneses. Na Superintendência da Polícia Civil fomos recebidos pelo Superintendente, Dr. Gilberto Azevedo Aguiar e tratamos da situação da segurança dos serviços de saúde na cidade.

Participamos do ato ecumênico em solidariedade e pleno restabelecimento do colega médico Edson Ferreira Filho realizado no gramado em frente ao Hospital Regional do Baixo Amazonas. Como todos sabem o Dr. Edson foi baleado em seu consultório no Hospital Regional do Baixo Amazonas recebendo cinco tiros de um paciente. Operado, estava na UTI até o dia de ontem. Fomos visita-lo e manifestamos o apoio do SINDMEPA. Pessoalmente, levei mensagem de estímulo e apoio encaminhada pelo Presidente do CFM, Dr. Roberto D´Avila, em nome do corpo de conselheiros daquela casa. O colega reage muito bem ao tratamento. Sua tranquilidade e paz de espírito impressionam todos que o visitam.

Após o ato ecumênico participamos de reunião dos médicos para reorganizar a Associação Médica de Santarém, fundada em 1974, que está sem funcionar a vários anos. O objetivo é ter na cidade um instrumento de defesa dos interesses da categoria médica. Manifestamos o apoio do SINDMEPA à iniciativa e colocamos a entidade a disposição para contribuir no processo.

Tivemos reunião com os médicos residentes do Hospital Regional. Os programas são de responsabilidade da UEPA. Denuncias de inconformidades e a decisão da Comissão Nacional de Residência Médica de realizar diligências nos programas motivaram a reunião. Ouvimos atentamente todos os médicos e nos manifestamos tranquilizando-os acerca da manutenção dos programas. Afirmamos o interesse de todos no sucesso da iniciativa de implantar a residência médica em Santarém, a necessidade social e consequências positivas da sua existência. A diligência que será realizada pela Comissão Nacional de Residência Médica servirá para melhorar a qualidade do programa (ampliando o número de preceptores, por exemplo) e garantindo os direitos dos médicos residentes participantes. Deixamos claro que o SINDMEPA tudo fará para defender os interesses dos residentes e lutará para que nada ameace os programas de residência médica da cidade. Por outro lado nossa entidade não irá transigir na defesa dos direitos dos médicos residentes, vai cobrar ainda mais qualidade para os programas existentes e reivindicar que novos programas sejam implantados. Informamos também a decisão política do governo federal de ampliar o número de bolsas de residência médica no país e a prioridade existente para a abertura de novos programas e aumento de vagas na região norte, com o objetivo claro de fixar médicos nos estados da região.

Realizamos assembleia com os médicos auditório do Hospital Municipal. Algumas informações prestadas pelos médicos: SAMU de Santarém não tem médico nem na regulação; cobertura da ESF é de 23%; salário dos médicos de família é de R$ 3.200,00; há seis provabianos em Santarém; os provabianos recebem bolsa de R$ 8.000,00; a UTI do hospital municipal não tem diarista; os contratos dos médicos do Hospital Regional não são reajustados há vários anos e não há perspectivas de reajuste. Apontaram a necessidade de movimento no hospital Municipal e na estratégia saúde da família pelos baixos salários é péssimas condições de trabalho. Também no Hospital Regional a remuneração, através de pessoa jurídica, não é reajustada há anos. Constatamos ainda a necessidade imperiosa do SINDMEPA garantir assessoria jurídica aos associados em Santarém. Vamos apresentar relatório da visita à Diretoria Colegiada do SINDMEPA para as providências cabíveis.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

stats

redes

    

Blog do médico paraense Waldir Cardoso dedicado a discutir sobre saúde, política e cidadania. Seja bem vindo/a

Vídeos

Vídeos

Waldir e Saúde no Brasil vídeo

Vídeos

Arquivo

Arquivo

Busca

Busca
Tecnologia do Blogger.

Categorias

Categorias

Estatísticas

Estatísticas

Contador

Contador de visitas

clustrmaps