sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Eleição do CFM no Pará: Comissão confirma procrastinação

O Presidente da Comissão Eleitoral Regional encaminhou aos médicos longa nota de esclarecimento onde confirma, na prática, e historia como se deu, passo a passo, a procrastinação que prejudicou o registro da Chapa 2, Renovação e Compromisso, e retardou quase um mês o início da campanha da chapa liderada pelo colega Hideraldo Cabeça.

A nota de esclarecimento, extemporânea posto que a nota de repúdio do Sindmepa foi publicada dia 25/07, me cita nominalmente. Assim, me dá direito de resposta e aproveito a oportunidade para esclarecer, em respeito aos médicos do Pará, minhas atitudes e trazer a lume algumas informações.

Jamais tentei interferir no andamento dos trabalhos da Comissão Eleitoral Regional. Liguei para os integrantes da Comissão, a pedido da Chapa 2, para pedir celeridade na apreciação do resultado do recurso interposto por eles na Comissão Eleitoral Nacional, o qual foi DEFERIDO e mesmo dias depois o CRM do Pará afirmava não ter conhecimento da decisão. Por problemas na internet...

Conversei com Dr. Noleto que me afirmou DESCONHECER que a Chapa 2 havia sido impugnada, apesar de sua assinatura constar no documento de cancelamento. Falei com Dra. Yeda Sizo e, tão somente, pedi celeridade no encaminhamento da decisão registrando a Chapa 2 para que esta pudesse iniciar a sua campanha. Falei uma única vez com Dr. Zilomar (e não DIVERSAS, como ele afirma na nota) que me atendeu mas não pôde falar por estar no consultório. Me identifiquei como Conselheiro Federal e pedi, respeitosamente, que retornasse a ligação pois tinha assunto relevante a tratar. O Dr. Zilomar não se dignou a me retornar a ligação até hoje. Uma desconsideração que devo relevar em vista do respeito que tenho pelo insigne colega.

A manobra para dificultar o início da campanha da Chapa 2 foi toda realizada dentro da legalidade. A Nota do presidente da Comissão Eleitoral omite, propositalmente, como tudo começou. É importante que todos saibam que, após a chapa 2 ser deferida, no dia 02/07, foi o Presidente do CRM, Dr. Antonio Jorge, que recorreu à Comissão Eleitoral pedindo o cancelamento do registro da chapa 2. O cancelamento do registro foi efetivado pela Comissão Eleitoral Regional (nomeada pelo presidente do CRM) baseado num parecer emitido pela assessoria jurídica do CRM, que é, obviamente, subordinada ao presidente daquele órgão colegiado.

As razões apresentadas foram tão frágeis que a Comissão Nacional Eleitoral deferiu DE PRONTO o recurso da Chapa 2. De nada adiantou a rapidez da Comissão Eleitoral Nacional. Só no dia 25/07 a Chapa 2, Hideraldo e Léa, teve seu registro definitivo DEFERIDO e pôde começar a fazer campanha. Note-se que desde o dia 06 de junho a chapa concorrente já fazia campanha no Facebook numa flagrante ilegalidade.

Mas a justiça há de prevalecer. Confio que os médicos do Pará vão eleger a Chapa 2, Hideraldo e Léa, para nos representar no CFM. A chapa que responde pelo legado ético de Antonio Gonçalves Pinheiro no Conselho Federal de Medicina. Legado que busquei honrar como seu suplente, obrigado, pela tragédia, a assumir o mandato de Conselheiro Federal em seu lugar.


Hideraldo e Léa representam a ética. Ética que se demonstra com atos. A prática, o inigualável critério da verdade. Chapa 2 para o CFM, Renovação e Compromisso! Renovação na política médica e Compromisso com a ética e a verdade.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

stats

redes

    

Blog do médico paraense Waldir Cardoso dedicado a discutir sobre saúde, política e cidadania. Seja bem vindo/a

Vídeos

Vídeos

Waldir e Saúde no Brasil vídeo

Vídeos

Arquivo

Arquivo

Busca

Busca
Tecnologia do Blogger.

Categorias

Categorias

Estatísticas

Estatísticas

Contador

Contador de visitas

clustrmaps