sábado, 25 de outubro de 2014

Porque Aécio? Porque Jatene?

Amanhã teremos o segundo turno das eleições presidenciais mais disputadas dos últimos tempos. A mais parelha desde a redemocrarização. Dificilmente vamos encontrar um médico indeciso. O governo federal se esforçou muito para jogar a categoria médica contra si. Ao ponto de a esmagadora maioria dos médicos votar até no Macaco Tião contra Dilma. São razões corporativas.

Outras razões embalam minha opção. Vai fazer bem ao PT e as esquerdas voltarem à oposição. O PT, enquanto partido, tem que ser refundado. É um partido importante para a democracia brasileira. Mas o PT de antes de chegar ao governo federal. Precisa rever seus conceitos. Alguns caros a eles desde a fundação. Como “o fim justifica os meios”; o aparelhamento das entidades e instituições também conhecido como patrimonialismo. Outras práticas aprendidas e desenvolvidas com o exercício do poder precisam ser revistas como é a tolerância e o exercício da corrupção ativa e passiva (conforme atestou o Supremo Tribunal Federal). 

A política macroeconômica não sofrerá nenhuma alteração com a eleição de Aécio. Já era praticada pelo PSDB. As políticas sociais aprofundadas pelos governos petistas serão mantidas. E se o novo presidente não se comportar, o botamos para correr em 2018. O vídeo é de Marina apontando as razões de sua opção por Aécio.
video



No Pará, minha opção é Jatene. O PSDB precisa concluir seu ciclo de trabalho. Ainda há o que fazer e Helder é jovem suficiente para esperar sua vez. Politicamente são água e vinho. Diferente do plano federal. A oposição traz a clara marca do patrimonialismo e uso da coisa pública de forma pouco republicana. A aliança com o PT tem o condão de destruir politicamente este partido no estado do Pará. Está plenamente confirmada a máxima do bruxo florentino que usei acima. Admito que o governo Jatene deixou muito a desejar, mas ainda é a opção que nos resta no sentido de manter o estado sob administração competente. A eleição de Aécio nos traz oportunidades de afluxo de recursos que não tivemos sob o tacão Dilmista. E Belém, no mesmo alinhamento político, pode se beneficiar tendo maior simpatia do governo estadual e federal.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

stats

redes

    

Blog do médico paraense Waldir Cardoso dedicado a discutir sobre saúde, política e cidadania. Seja bem vindo/a

Vídeos

Vídeos

Waldir e Saúde no Brasil vídeo

Vídeos

Arquivo

Arquivo

Busca

Busca
Tecnologia do Blogger.

Categorias

Categorias

Estatísticas

Estatísticas

Contador

Contador de visitas

clustrmaps